segunda-feira, 23 de novembro de 2015

Músicos na linha de frente da batalha espiritual - Real Adoração #2

A bíblia diz o seguinte em 2 Crônicas 20:21-25

"Em seguida, depois de se ter entendido com o povo, ele designou os cantores que, revestidos de ornamentos sagrados, haveriam de marchar à frente do exército, cantando: "Louvai o Senhor, pois sua misericórdia é eterna!"
No momento em que era entoado este cântico de louvor, o Senhor fez cair numa emboscada os amonitas, os moabitas e os habitantes da montanha de Seir que tinham vindo atacar Judá. Foram destruídos.
Os amonitas e os moabitas atiraram-se então sobre os povos das montanhas de Seir para um massacre de exterminação e, isto feito puseram-se a matar uns aos outros.
Tendo chegado os homens de Judá à altura donde se vê o deserto, olharam para a multidão; e eis que lá não havia mais que cadáveres estendidos por terra, não tendo podido escapar ninguém.
Então avançou Josafá com seu exército para despojá-os, e encontraram riquezas, vestimentas e objetos preciosos em abundância; e tiraram em tal quantidade que não puderam levar tudo. A pilhagem durou três dias, pois o despojo era enorme."


Podemos notar algo interessante nesta passagem... Os cantores foram colocados como guerreiros de linha de frente na batalha.

Assim como antigamente, Deus nos últimos tempos tem levantado levitas músicos para serem colocados na linha de frente na batalha contra as forças de satanás.

E como foi no passado assim será com todos aqueles que se dispuserem a colocar sua fé em Deus, mesmo que a estratégia não pareça a mais racional.

Sabendo que a adoração por meio da música é uma arma e armadura letal contra as trevas, devemos com toda confiança adorar a Deus e vencer.

No final só teremos o trabalho de coletar os despojos nos dado por Deus de presente.

Confira nosso último vídeo: Em teus braços - Laura Soughellis (Soberana Vocação - Cover)

Brian Cezanni


Nenhum comentário:

Postar um comentário